CAPIVARA-HEADER-1
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

RAYE: A nova sensação do R&B que você precisa conhecer

A cantora britânica que arrematou quase todos os prêmios a que foi indicada no último BRIT Awards, se apresentou recentemente no Brasil. Ela chama a atenção pelas composições viscerais e vocais potentes.

Sete. Esse foi o número de indicações que RAYE recebeu na última premiação do BRIT Awards. Dentre todas as categorias a que foi indicada, a cantora e compositora saiu triunfante de seis, incluindo as principais da noite: Álbum e Música do Ano. Na ocasião, ela também quebrou um recorde: o de artista a receber mais indicações (e prêmios!) em uma mesma edição do evento. A vitória veio logo após ganhar um Ivor Novello, o principal prêmio de composição do mundo.

Porém, durante um comovente discurso no BRIT Awards, uma coisa ficou clara: por muito tempo, o sucesso foi algo incerto na carreira de RAYE. Apesar do talento e de ter começado cedo na indústria musical, vários contratempos atrasaram sua chegada ao estrelato. Atualmente, a britânica conta com mais de 700 mil seguidores no YouTube e mais de 1 milhão no Instagram. Ela também acumula mais de 1 bilhão de streams nas plataformas digitais, mas foi preciso muita coragem e decisões difíceis para chegar até aqui.

Como tudo começou

Rachel Agatha Keen nasceu em 24 de outubro de 1997, em Londres, na Inglaterra. Como muitas musicistas influenciadas pelo R&B e Soul, ela começou sua carreira na igreja, onde fazia parte do coral. Aos sete anos de idade, já estava aprendendo a tocar piano; aos 11, compunha sua primeira música autoral. Ela cresceu em uma família musical, onde um de seus avôs era compositor. E seus pais, apesar de não seguirem a música profissionalmente, também faziam do canto e dos instrumentos uma prática rotineira.

Aos 14 anos, RAYE compôs uma faixa chamada ‘Hotbox‘, que acabou chamando a atenção de Olly Alexander, ex-Years & Years. O cantor mostrou a música para sua gravadora da época, a Polydor Records, que três anos mais tarde acabou assinando contrato com a cantora. Porém, segundo ela, o que parecia um sonho, acabou se tornando um pesadelo.

Durante o tempo em que esteve na gravadora, RAYE afirmou que era encorajada a seguir mais pela dance music e pop, e a deixar de lado os gêneros com que mais se identifica, como o R&B. Em entrevistas, ela também conta que, quando assinou o contrato, já tinha a maior parte de seu álbum de estreia idealizado. Além de quase totalmente composto, mas que a gravadora não levava o projeto à frente.

Com a crescente frustração pela espera de, agora, mais de 7 anos para lançar seu álbum, a saúde mental de RAYE foi afetada. A cantora caiu em vários vícios e lutou com sua saúde mental, até que fez um desabafo sobre toda a situação em suas redes sociais, que viralizou. Como resultado, a gravadora concordou em liberar a artista do contrato e ela seguiu pela rota independente, um caminho que parece ser tendência entre muitos artistas consagrados.

O sucesso

Pouco após o fim de seu contrato, RAYE finalmente lançou ‘My 21st Century Blues‘. O álbum de estreia foi aclamado pela crítica mundial e descrito como uma fusão contagiante de Pop, Blues e Dancehall. Inclusive, um de seus singles, chamado ‘Escapism‘, viralizou no TikTok e atingiu o topo das paradas britânicas, catapultando a artista à notoriedade.

Nesse meio tempo, RAYE fez sua primeira passagem pelo Brasil, que ocorreu em maio de 2024. A cantora passou por São Paulo, como parte do line-up do C6 Fest. E também pelo Rio de Janeiro, em uma apresentação solo, onde rolou até cover do clássico ‘Girl from Ipanema‘:

@eventimbrasil

A cantora britânica @Raye fez um show incrível no Blue Note Rio e não podia faltar uma homenagem à Cidade Maravilhosa, né? #raye #bluenoterio #eventim

♬ som original – EventimBrasil

A inglesa já compôs para grandes nomes da música mundial como Beyoncé, Little Mix, Anne-Marie, Charli XCX, Ellie Goulding, dentre outros. Inclusive, ela aparece também nos créditos da faixa Girl From Rio de Anitta, para quem escreveu algumas canções.

Devido ao seu estilo meio vintage, delineado marcado, e influências de Jazz e Soul que permeiam sua discografia, RAYE tem sido comparada à cantora Amy Winehouse. Apesar de se sentir honrada, RAYE afirma que não consegue ver muitas similaridades entre seu trabalho e o da compositora de ‘Rehab‘. Agora é fato que, as composições sempre viscerais e muito honestas, a voz potente que parece vinda diretamente dos anos 50, e um estilo visual diferenciado no mainstream, parecem aproximar as cantoras.

Porém, como tentativa de mostrar que a sonoridade de RAYE é unica e difere de Amy, separamos cinco músicas para você conhecer melhor o trabalho da cantora:

Escapism. (ft. 070 Shake)

A “melhor música do ano“, segundo o BRIT Awards, é uma das faixas mais honestas e diretas lançadas nos últimos tempos. Além da melodia contagiante, que mistura elementos de Rap e R&B com Dance, a canção fala sobre experiências pessoais da cantora. ‘Escapism.’ fala sobre esconder as dores do coração partido, vícios, e não aceitar um término amoroso.

Escapism. é sobre fugir da realidade o mais rápido possível. Sair sozinha, ignorando todo mundo que se preocupa com você” descreveu RAYE em uma entrevista.

Genesis.

Com 7 minutos de duração, ‘Genesis.’ é o lançamento mais recente de RAYE. A faixa experimenta com vários gêneros diferentes, que se apresentam em camadas, com uma mensagem implícita de ‘Haja Luz’. Sobre ela, RAYE afirma: “É uma oração, um apelo, e um grito por ajuda. Realmente espero que essa música possa trazer um pouco de esperança, da mesma forma que essa música faz por mim, para aqueles que mais precisam”.

Recentemente, a cantora apresentou a faixa no Capital’s Summertime Ball 2024, no icônico estádio de Wembley, no Reino Unido.

Regardless (ft. Rudimental)

A parceria da cantora com a banda Rudimental deu origem à dançante ‘Regardless‘. A letra da faixa segue o estilo cru e sincero da cantora, enquanto a melodia é dançante e fica na cabeça. Porém, ela quase foi descartada durante o processo de composição:

Estou tão feliz que não a descartei! Uma das coisas mais difíceis na música é conseguir a versão final perfeita e eles [Rudimental] conseguiram isso de primeira e salvaram a música.” comentou a cantora na época do lançamento.

Ice Cream Man.

Uma das faixas em que RAYE consegue mostrar mais sinceridade e complexidade é em ‘Ice Cream Man.‘ Aqui, a cantora fala abertamente sobre as experiências de assédio sexual que sofreu dentro da indústria musical. A música dá ênfase em um incidente que ocorreu quando ela tinha apenas 17 anos, envolvendo um produtor musical. O single funciona também como uma espécie de denúncia já que, segundo a cantora, “isso acontece com meninas em estúdios o tempo todo“.

Ice Cream Man.‘ também menciona outros abusos traumáticos que a cantora sofreu com outras idades, e prende o ouvinte pela dor e vulnerabilidade que consegue transmitir.

Oscar Winning Tears.

Oscar Winning Tears.’ é uma música forte sobre decepção e manipulação emocional em um relacionamento amoroso. A faixa se destaca pelos trechos falados e a forma como eles encaixam muito bem com a melodia, que parece atenta a cada palavra cantada ou dita pela cantora. A música incorpora muitos elementos do Blues e do Soul em sua melodia, incluindo algumas das técnicas vocais usadas por RAYE:

E você, já conhecia o trabalho da RAYE? Qual foi sua faixa preferida? Comenta com a gente no Instagram e Twitter.

TALVEZ VOCÊ GOSTE DESTAS POSTAGENS :

  • All Post
  • coberturas
  • Críticas
  • Entrevistas
  • festival
  • Filmes
  • Games
  • Geek
  • Groover
  • Home
  • Mais
  • Musica
  • notícia
  • Séries
  • Shows
  • Teatro

Vídeos:

Lil Nas X – Long Live Montero: uma celebração ao sucesso e a autenticidade do artista
‘LOOM’: Ouça o novo disco do Imagine Dragons
‘Achadinhos do Groover XI’ traz 9 faixas para embalar seu fim de semana
O que podemos esperar da passagem de Lenny Kravitz pelo Brasil
RAYE: A nova sensação do R&B que você precisa conhecer
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
 

LançamentoS:

Edit Template

© Copyright 2023 Capivara Alternativa – Todos os direitos reservados.

Pular para o conteúdo